Faculdade da Fundação Educacional Araçatuba - FAC-FEA
 

 
Araçatuba, 09 de agosto de 2011
 
Alunos do curso de Pedagogia realizam pesquisa
em escola do maior assentamento do Brasil

 
Clique na imagem para ampliar

         Os acadêmicos do ultimo semestre do curso de Pedagogia da FAC-FEA  Rinaldo Bistafa, Anísia Oliveira Seabra, Elisângela Maria da Silva e Cristiana de Lima Andrades, na semana de 31/07 a 04/08, realizaram pesquisas in loco na  escola Iraci Salete Strozak, localizada no assentamento Marcos Freire, zona rural do município de Rio Bonito do Iguaçu - PR. Esta pesquisa é parte do trabalho de conclusão de curso intitulado “A escola itinerante no MST e os pressupostos freireanos” que os alunos vem desenvolvendo sob a orientação da Profa.

Me. Maria Noemi Gonçalves do Prado.

          O local da pesquisa foi escolhido em função da Escola Iraci Salete Strozak se situar no maior assentamento do Brasil e da América Latina, com cerca de 13.000 pessoas, que possui escolas itinerantes que vão desde a educação infantil ao ensino médio, contando com mais de 1.200 alunos e um corpo docente de 33 professores. A escola abriga o primeiro curso de magistério em assentamento no Estado do Paraná, além de ser a escola base das 10 outras escolas itinerantes do Estado.

          A motivação pela escolha desta escola deve-se em função de que o projeto político pedagógico valoriza na organização do ensino a diversidade cultural, os processos de interação e transformação, o acesso aos conhecimentos historicamente construídos, os avanços tecnológicos como forma de preservar os princípios éticos, democráticos e culturais próprios dos sujeitos que dela fazem parte. Conceitos traduzidos em ações tão bem defendidas pelo educador brasileiro Paulo Freire.

          Para os alunos do curso de Pedagogia da FAC-FEA, futuros professores, esta é uma importante experiência que possibilita pensar os processos educativos a partir da diversidade, das dimensões político, social, cultural e econômica que envolvem a prática educativa. Proporciona vivências mais humanizadoras, capazes de estabelecer o diálogo, a participação e provocar inquietações que favoreçam a construção de uma identidade docente própria, mais preocupada com o conhecer e o aprender do que o ensinar.

. . : : Veja imagens da pesquisa: : . .

lupa Clique nas imagens para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Clique para ampliar
Voltar à Página Principal
 
Site desenvolvido por Electram